Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024 # Ontem pelo Brasileirão, o Botafogo ganhou do Palmeiras de 1x0 e o Vaso derrotou o Atletico de Goiás também de 1x0. Pela LBF o Sesi Araraquara ganhou das meninas do Sampaio Basquete de 69 a 48.
Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024 # Ontem pelo Brasileirão, o Botafogo ganhou do Palmeiras de 1x0 e o Vaso derrotou o Atletico de Goiás também de 1x0. Pela LBF o Sesi Araraquara ganhou das meninas do Sampaio Basquete de 69 a 48.
+32
°
C
+32°
+25°
São Luís
Domingo, 12
Ver Previsão de 7 Dias

julho 2024
DomSegTerQuaQuiSexSáb
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Estado do Maranhão presente no Fórum Nordeste Export 2024

Abertura do Fórum reuniu autoridades e lideranças do setor de logística, infraestrutura e transportes na Casa da Indústria, em Fortaleza, capital do Ceará.

A Casa da Indústria do Ceará recebeu, na noite de quinta-feira (20/06), a solenidade de abertura do Nordeste Export – Fórum Regional de Logística, Infraestrutura e Transportes, realizado em Fortaleza nos dias 20 e 21 de junho. Organizado pelo Grupo Brasil Export, o evento reuniu autoridades e lideranças nacionais e locais para debates sobre soluções para o setor e traçar conexões pelo desenvolvimento do Nordeste.

O Vice-Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), André Montenegro, representando o Presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, recebeu os participantes do fórum no Auditório Waldyr Diogo com discurso que enfatizou a necessidade de união de esforços para promover o progresso econômico e social da região. “É com imensa alegria que recebemos este fórum na Casa da Indústria. Hoje celebramos a união de esforços em prol do desenvolvimento do Nordeste, uma região de riqueza cultural inestimável e de potencial econômico extraordinário”, afirmou.

Montenegro reforçou o compromisso da FIEC no apoio a ações e estudos que objetivam a geração de ideias inovadoras e soluções práticas que fortaleçam a Indústria no Ceará e em todo o Brasil, assim como trazer bem-estar para a população. O dirigente também apontou aos presentes a pauta da transição energética como um dos principais pontos de trabalho da Federação nos últimos anos.

“O mundo está passando por uma transformação energética sem precedentes e o Ceará, assim como todo o Nordeste, estão na vanguarda desta mudança. Estamos sempre buscando parcerias estratégicas para colocar o nosso estado como líder global na produção do hidrogênio verde. A nossa matriz energética propicia todas as condições para que estejamos nesta condição de destaque”, pontuou.

Em sua fala, o CEO do Grupo Brasil Export, Fabrício Guimarães Julião, classificou o fórum Nordeste Export como um grande catalisador de estratégias e colaborações para que o setor de logística, infraestrutura e transporte encontre a sinergia necessária para resolver as suas principais demandas. “Eu vejo aqui, dentro desta comunidade, o sentimento de união. Juntos faremos a diferença, levantando as bandeiras de um setor que gera empregos, que gera renda e contribui para o desenvolvimento de todas as regiões brasileiras”. O CEO apontou que o Nordeste necessita aprimorar sua malha terrestre de transportes para aumentar a eficiência da movimentação de cargas e da mobilidade de seus habitantes e turistas.

“O Nordeste clama por ser a porta de entrada da carga que vem da Europa, que poderia ser muito maior. O Nordeste clama por uma carga de retorno da sua produção, seja de algodão, seja da fruta, seja do minério. O Nordeste clama pela atenção à energia renovável e a sua vocação natural. Eu não tenho dúvida que será o grande centro de energia renovável do Brasil, pelas condições óbvias a favor. E, logicamente, o Nordeste clama por acessos. Precisamos continuar trabalhando a intermodalidade. Não podemos mais ter portos isolados, pois porto isolado não gera competitividade e não tem resultado. Esse é o grande objetivo da pauta deste ano”, complementou Julião.

Também participaram da cerimônia de abertura a Secretária-Executiva do Ministério de Portos e Aeroportos, Mariana Pescatori; o Secretário Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Marcus Cavalcanti; o Ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Guilherme Caputo Bastos; o Diretor-Presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Tiago Sousa Pereira; o Diretor da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), Alber Furtado de Vasconcelos Neto; o Diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Lucas Asfor; o Presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, Hugo Figueiredo; o Presidente do Conselho Nacional do Brasil Export, José Roberto Campos; a Presidente do Conselho Feminino do Brasil Export, Gilmara Temóteo; o Presidente do Conselho do Nordeste Export, Aluísio Sobreira; o Presidente Executivo do Instituto Brasileiro de Infraestrutura (IBI), Mário Pôva; e o Presidente do Instituto Brasileiro de Logística (IBL), Ricardo Molítzas.

 
O Maranhão esteve presente (foto acima) representado por uma comitiva formada por Cesar Meireles / Conselheiro do Maranhão Export; Aloisio Sobreira / Presidente do Nordeste Export; Luiz Raimundo Azevedo / Presidente do Maranhão Export; Fabrício Julião / CEO do Brasil Export; Urubatan Filho / Conselheiro do Maranhão Export; Rachel Vli / Conselheira do Maranhão Export; Flavio Oliveira / Conselheiro do Maranhão Export; Silvio Aguiar / Conselheiro do Maranhão Export e Luciano Bragagnolo / Presidente do Conselho de Autoridade do Porto do Itaqui.

Programação e debates

Na sua quinta realização em 2024, o fórum regional Nordeste Export consiste em dois dias de palestras que trazem temas atuais nas áreas de tecnologia, inovação, planejamento estratégico, além de discussões técnicas e troca de experiências por parte de representantes do setor. Antes da abertura do evento, os inscritos participaram de visita técnica ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), com apresentação institucional da Companhia Docas do Ceará, das instalações da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) e terminais do complexo.

Os painéis do Nordeste Export serviram para debater as diversas questões da região para além dos portos, como a infraestrutura aeroportuária e a democratização do transporte multimodal na operação de contêineres.

Outro evento paralelo ao Nordeste Export será o Inova Export. Organizada pelo HUB Brasil Export em parceria com o Grupo Brasil Export, a atração tem como objetivo reunir os principais atores do setor de infraestrutura, logística, portos e comércio exterior para impulsionar a inovação, estimular o crescimento sustentável e fortalecer as parcerias estratégicas.

Entre os painéis e palestras foram abordados nos dois dias de evento, temas como “Alianças estratégicas: Impulsionando a evolução setorial”, “Desbloqueando inovações: Tecnologias aplicadas ao setor”, “Mudando o jogo: Startups que estão redefinindo o futuro”, “Diagnóstico das demandas no Poder Judiciário”, “Litigiosidade na Justiça do Trabalho”, “Desafios na Zona de Praticagem 5”, “Desafios e oportunidades de fomento e linhas de crédito para o desenvolvimento da infraestrutura”, “Investimentos na infraestrutura aeroportuária e conectividade aérea na região Nordeste”, “Descarbonização na navegação e no setor de infraestrutura portuária”, e “Ampliação da malha terrestre como fator de desenvolvimento econômico da região Nordeste”.