Hoje é 20 de junho de 2024. Dia do Revendedor; do Vigilante; do Refugiado; Início do Inverno e dia do Advogado Trabalhista # Futebol: O Botafogo empata com o Athletico Paranaense e mantém a liderança do Brasileirão # Hoje jogam Flamengo x Bahia e Palmeiras x Bragantino. Na LBF, as meninas do Sampaio Basquete venceram o Sodie Mesquita de 77 a 53.
Hoje é 20 de junho de 2024. Dia do Revendedor; do Vigilante; do Refugiado; Início do Inverno e dia do Advogado Trabalhista # Futebol: O Botafogo empata com o Athletico Paranaense e mantém a liderança do Brasileirão # Hoje jogam Flamengo x Bahia e Palmeiras x Bragantino. Na LBF, as meninas do Sampaio Basquete venceram o Sodie Mesquita de 77 a 53.
+32
°
C
+32°
+25°
São Luís
Domingo, 12
Ver Previsão de 7 Dias

junho 2024
DomSegTerQuaQuiSexSáb
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829

Sindomar e painel sobre setor portuário na transição energética

Também lançou o seu Código de Conduta e sua política de compliance em evento paralelo realizado na sede da UNDB, no Golden Shopping.

O Sindicato dos Operadores Portuários do Maranhão (SINDOMAR) marcou presença no VII Simpósio de Gestão Portuária – Liderança transformando organizações. O evento foi realizado no Hotel Luzeiros, de 20 a 23 de maio, em São Luís. Ele teve como objetivo promover a difusão de conhecimento além de melhores práticas sobre a liderança na gestão portuária. O presidente do SINDOMAR, Daniel Pereira, mediou o painel “Liderando projetos sustentáveis”. Os painelistas foram Luane Lemos, gerente de Meio Ambiente do Porto do Itaqui, e Caio Cunha, gerente de relações institucionais do Porto do Açu, do Rio de Janeiro.

“A ideia do simpósio é a de falarmos de liderança, algo crucial para o desenvolvimento do futuro do setor portuário. Porém, no painel, tocamos em temas como a descarbonização dos portos brasileiros, energias renováveis e inovação. O painel que mediei é sobre pensarmos em sustentabilidade, em paralelo à realização de projetos de impacto positivo no meio ambiente, uma preocupação constante do Sindomar”, destacou Daniel Pereira.

Porto do Açu apresenta potencial de transição energética

O Porto do Açu é um complexo portuário e industrial privado que conta com 22 empresas instaladas, além de 11 terminais com vocação para mineração, óleo & gás e vem investindo projetos de energia renovável focados na aceleração da industrialização de baixo carbono. O megaempreendimento foi assunto do painel, quando Caio Cunha informou que a visão é a de desenvolvê-lo como um porto competitivo, com reconhecimento de “o porto da transição energética no Brasil”.

“Estamos mirando no combustível verde, na produção do hidrogênio verde, que é um combustível zero carbono. Os navios representam 3% das emissões de gases de efeito estufa, em nível mundial. Abastecer essa indústria é um movimento natural de evolução dos portos daqui para frente, e o Porto do Açu tem essa visão de futuro”, frisou Caio Cunha. 

Energia renovável – Outro ponto do debate foram as medidas de enfrentamento para mudanças climáticas. A painelista Luane citou a possibilidade de redução de emissão de gases de efeito estufa através da substituição do combustível de embarcações pelo suprimento de energia em terra, possibilitando que o navio atracado em um porto seja abastecido por energia limpa. 

“Estamos discutindo descarbonização com o Brasil. Será que os portos estão preparados com infraestrutura de abastecimento para receberem os navios que atracam no país? Quando discutimos interrogações como essa em um simpósio, nos tornamos uma voz de negociação e interlocução, inclusive, com o poder público”, disse a gerente de Meio Ambiente do Porto do Itaqui, Luane Lemos.

Lisura e Transparência – Originária de um verbo da Língua Inglesa: to comply, compliance significa “agir em sintonia com as regras”. Suas práticas, bastante associadas ao universo corporativo, estão presentes no Sindicato dos Operadores Portuários do Maranhão (SINDOMAR), que busca lisura e transparência em suas relações com a comunidade portuária e governança interna. Na última terça-feira (21), a instituição lançou o seu Código de Conduta e sua política de compliance, em evento realizado no espaço de pós-graduação da UNDB, localizado no Golden Shopping, em São Luís. Na ocasião, houve palestras sobre a forma de praticar gestão de risco com procedimentos mais éticos e responsáveis, dos palestrantes Rodrigo Desterro e Marcelo Borowski.

O setor de compliance de uma empresa faz com que haja maior transparência nas relações realizadas. As ações ocorrem para prevenir situações, que possam comprometer a reputação de uma instituição. É um passo antes da auditoria, e isso dá mais segurança e confiabilidade nas operações. 

O presidente do SINDOMAR, Daniel Pereira, explicou que o lançamento do sistema de compliance da instituição, levou em conta a importância das normas de conduta para o sindicato e para a sociedade. Daniel afirma a necessidade de conhecer a legislação e estabelecer diretrizes, havendo ainda uma cultura organizacional que apoie as boas práticas.

“É um processo essencial do dia a dia do SINDOMAR a busca por gerar valor à comunidade portuária, que são os nossos associados, fornecedores, trabalhadores portuários avulsos, e entidades públicas ou privadas. O comportamento de mercado, a forma de negociação no setor e demais elementos são fundamentais em uma cultura organizacional que apoie as boas práticas. Por tudo isso, lançamos nosso código de conduta e a nossa política de compliance”, declarou Daniel Pereira.

Na prática, Daniel afirma no seu discurso que compliance vai além de um conjunto de regras. Uma boa explicação, o relacionamento educado entre as pessoas e áreas, a proatividade, a comunicação regular, a liderança conquistada e não imposta, entre outros atributos, constituem fatores críticos para o sucesso da instituição.

Associados – O SINDOMAR representa 13 empresas portuárias no Maranhão. São elas: Companhia Operadora Portuária do Itaqui (Copi), Eneva, ALZ Grãos, CLI, Pedreiras Transportes, G5 Logística, Tegram, Terminal Corredor Norte, Transglobal, Viterra, VLI, COPISI e NML Tankers. O código de conduta do SINDOMAR é um reflexo da visão, das ações e dos valores das pessoas que fazem parte e se relacionam com o sindicato. Embora os associados tenham autonomia para estabelecer suas próprias normas, eles podem utilizar a política de compliance do SINDOMAR como uma referência.

Palestras – Um dos palestrantes na tarde de lançamento do compliance do SINDOMAR, foi o engenheiro eletricista Marcelo Borowski. “A importância do código de conduta do sindicato é fundamental na implantação do programa de integridade, e na transparência das relações”, destacou Marcelo, que possui mais de 25 anos de experiência como executivo sênior de empresas multinacionais e nacionais, no Brasil e Europa, onde liderou tanto a implementação quanto o gerenciamento de sistemas de governança e integridade corporativa. 

“Toda a comunidade portuária e sociedade conhecerão os valores éticos adotados pelo SINDOMAR. Dessa forma, consigamos fomentar a construção de uma cultura de integridade no Porto do Itaqui e nas Operações Portuárias”, disse o palestrante Rodrigo Desterro, que é advogado e sócio proprietário da Desterro Advocacia e Consultoria. 

 

Fonte:
WComunicação