Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024 # Ontem pelo Brasileirão, o Botafogo ganhou do Palmeiras de 1x0 e o Vaso derrotou o Atletico de Goiás também de 1x0. Pela LBF o Sesi Araraquara ganhou das meninas do Sampaio Basquete de 69 a 48.
Hoje é quinta-feira, 18 de julho de 2024 # Ontem pelo Brasileirão, o Botafogo ganhou do Palmeiras de 1x0 e o Vaso derrotou o Atletico de Goiás também de 1x0. Pela LBF o Sesi Araraquara ganhou das meninas do Sampaio Basquete de 69 a 48.
+32
°
C
+32°
+25°
São Luís
Domingo, 12
Ver Previsão de 7 Dias

julho 2024
DomSegTerQuaQuiSexSáb
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

A operação da VLI no Maranhão tem novo diretor executivo

Com a chegada dos novos executivos, a empresa visa ampliar a integração de seus ativos e priorizar a experiência dos clientes nos principais corredores de serviços ferroviário do país.

A VLI – companhia de soluções logísticas que opera ferrovias, portos e terminais – anuncia que os Corredores Norte e Leste têm novos diretores de Operações. No Norte, que liga regiões produtoras do Matopiba, Goiás, Mato Grosso e Pará ao sistema portuário de São Luís, Ederson Almeida assume a direção, no lugar de Daniel Schaffazick, que passa a ser o responsável pela operação do Corredor Leste, por onde é feito o escoamento de cargas pela Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) em direção aos portos do Espírito Santo.

Os executivos respondem ao diretor-executivo de Operações da companhia, Alessandro Gama, e são responsáveis por gerar, cada vez mais, a integração dos ativos da empresa na região, bem como a realização do planejamento do transporte de cargas, com o objetivo de potencializar a rentabilidade da operação e agregar valor e eficiência aos negócios dos clientes da companhia.

“A VLI tem como propósito transformar a logística do Brasil e, com minha experiência, tenho o objetivo de ajudar a acelerar essa transformação. O Corredor Norte tem uma demanda crescente e é de extrema relevância para o desenvolvimento do país. Entregar com segurança o volume combinado com os clientes também é uma missão, para que consigamos fazer o Arco Norte crescer, sempre olhando o futuro e pensando no presente”, destaca Ederson Almeida.

De acordo com Daniel Schaffazick, (foto) sua experiência pregressa tanto na Operação quanto na área de Projetos da VLI será utilizada para assegurar a satisfação dos clientes, a eficiência dos ativos e a estabilidade operacional. “Buscamos de forma contínua a excelência operacional, que representa um serviço mais ágil e um atendimento sempre eficiente. Desta forma, atestar a confiabilidade dos serviços que ofertamos aos nossos clientes por meio do sistema logístico integrado da VLI”, frisa.

Nicolas Szwako segue como diretor de Operações do Corredor Sudeste, por onde a VLI mantém fluxos de importação e exportação por meio do Terminal Integrador Portuário Luiz Antônio Mesquita, localizado na Baixada Santista.

Ederson Almeida

Trajetórias – Ederson Almeida começou a carreira como estagiário técnico na Operação da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) há 25 anos e atuou por 18 anos na Operação do Corredor Leste da VLI. Passou sete anos como gerente-geral de Gente e Gestão e, em março, assumiu a diretoria de Operações do Corredor Norte.

O executivo é bacharel em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; tem MBA em Logística e Operações pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ); MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas; MBA em Economia e Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral, instituição onde também obteve o título de mestre em Liderança Organizacional.

Daniel Schaffazick

Engenheiro civil com MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral, Daniel Schaffazick tem mais de 20 anos de experiência em logística, operações e projetos. Consolidou sua carreira em grandes empresas no mercado, como a Vale. Na VLI, atuou como gerente-geral de Projetos, gerente-geral de Terminais Multimodais no Corredor Leste e foi responsável pela operação e manutenção ferroviária da VLI nos estados do Tocantins e do Maranhão.

Corredores – O Corredor Norte atende clientes dos segmentos do agronegócio, mineração, celulose e combustíveis. Sua estrutura inclui o tramo norte da Ferrovia Norte-Sul (FNS), controlado pela VLI. Também compõem o corredor três terminais integradores da companhia estrategicamente posicionados nas cidades de Palmeirante e Porto Nacional, no Tocantins, e Porto Franco, no Maranhão. Os terminais realizam o transbordo das cargas dos caminhões para as ferrovias, além de oferecer capacidade de armazenagem aos produtores.

Localizado em uma região altamente competitiva, o Corredor Leste atende à demanda da indústria siderúrgica, da exportação de grãos pelo sistema portuário do Espírito Santo, bem como a de cargas de carvão, fertilizantes e combustíveis. Sua estrutura conta com o Terminal Integrador Araguari, o segundo maior terminal de transbordo de grãos e fertilizantes da América Latina, e com o Terminal Integrador Pirapora, localizado na Região Noroeste de Minas, que cria oportunidades para o desenvolvimento agrícola da região.