Hoje é sábado, 02 de fevereiro de 2024. Dia do início do campeonato mundial de fórmula um, no Bahrein, com largada às 13h deste sábado. A Red Bull, de Max Verstappen, larga na pole position. Atrás dele, Charles Leclerc, da Ferrari, e George Russel, da Mercedes.
Hoje é sábado, 02 de fevereiro de 2024. Dia do início do campeonato mundial de fórmula um, no Bahrein, com largada às 13h deste sábado. A Red Bull, de Max Verstappen, larga na pole position. Atrás dele, Charles Leclerc, da Ferrari, e George Russel, da Mercedes.
+32
°
C
+32°
+25°
São Luís
Domingo, 12
Ver Previsão de 7 Dias

maro 2024
DomSegTerQuaQuiSexSáb
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Eneva anuncia investimentos de R$ 11 bilhões em energia renovável

A Eneva pretende investir R$ 11 bilhões em suas atividades até 2030, informou a companhia em comunicado sobre o Eneva Day 2023, realizado no Rio de Janeiro (RJ) na quarta-feira (8). A empresa definiu seis desafios estratégicos para o período, como a replicação do modelo Reservoir-to-wire (R2W) do Maranhão para outras regiões e o desenvolvimento de hubs de gás, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país, com o objetivo de “avançar no setor de energia”, segundo o comunicado.

Como unidade de destaque da empresa, o Complexo Parnaíba é um dos maiores parques térmicos de geração de energia a gás natural do Brasil. Pioneiro na utilização do modelo integrado Reservoir-to-wire, o Complexo utiliza o gás produzido nos campos situados nas proximidades do parque térmico.

O Complexo Parnaíba é composto pelas usinas Parnaíba I, Parnaíba II, Parnaíba III, Parnaíba IV e Parnaíba V, que é o fechamento de ciclo de Parnaíba I. Na prática, isso significa que a empresa utiliza o vapor gerado a partir do calor produzido no processo de geração da usina Parnaíba I, não necessitando de gás adicional para geração de energia. Na prática, trata-se de um modelo de eficiência energética que representa uma geração de energia segura e sem aumento das emissões.

Localizado no município de Santo Antônio dos Lopes, no Maranhão, o Complexo possui uma capacidade instalada de 1,9 GW, sendo 1,4 GW já em operação. Toda energia gerada é enviada para o Sistema Interligado Nacional (SIN), no subsistema Norte.

INVESTIMENTOS E TRANSFORÇÃO EM SANTO ANTÔNIO DOS LOPES

A Eneva, empresa integrada de energia, que atua na exploração e produção de gás natural até o fornecimento de soluções customizadas, está transformando o Complexo do Parnaíba, na Região do Médio Mearim maranhense, no maior parque termelétrico do país. Com a previsão da entrada em operação da usina Parnaíba 4 já no ano que vem, com 92 MW, o complexo chegará a 1,9 GW de capacidade instalada e supera todos os demais empreendimentos brasileiros de geração térmica.

Além de ser fundamental para a marca, o complexo Parnaíba VI se destaca por ser um projeto de geração de energia mais limpa, sem emissões adicionais de gases responsáveis pelo efeito estufa. Para gerar eletricidade, a nova usina não irá consumir nenhuma molécula de gás adicional. Ela vai utilizar o calor dos gases de exaustão das turbinas da usina de Parnaíba III para gerar vapor em suas caldeiras. Esse vapor moverá a turbina de 92 MW da unidade de Parnaíba VI. Dessa forma, o Complexo Parnaíba atingirá o máximo de sua eficiência energética, fechando todos os ciclos possíveis de suas atuais usinas de gás natural.

Durante as obras, de expansão, como explicou os executivos da da empresa no Eneva Day 2023, serão criados 900 empregos diretos e indiretos, com o investimento de R$ 651 milhões, que, a partir de 2025, vão gerar uma receita fixa anual de R$ 105 milhões, pelo período de 25 anos. O início da operação comercial está previsto para novembro do ano de 2024.

Outro destaque da companhia no Maranhão previsto para o ano de 2024 é a planta de Liquefação Parnaíba, focada no consumo industrial do Norte e Nordeste do país. Apenas para a realização desse projeto, a Eneva está investindo 1 bilhão de reais. A unidade deve começar a produzir comercialmente em maio do ano que vem e vai gerar uma receita fixa anual de R$ 430 milhões. A projeção é de que durante a obra sejam gerados 850 empregos diretos e indiretos.

Até agora apenas a mineradora Vale a e fabricante de papel e celulose Suzano contrataram o serviço desta nova forma de liquefação de gás natural, que está em implantação, e terá uma capacidade ociosa, visando a ampliação futura da carteira de clientes industriais de grande porte. A empresa explica que novamente se mostra pioneira, desta vez na contribuição para uma economia de baixo carbono, substituindo combustíveis fósseis pelo gás natural e, assim, ajudando os clientes nas suas jornadas de descarbonizarão de uso energético.

Dados do IBGE demonstram que no município de Santo Antônio dos Lopes, no Maranhão, onde a Eneva opera o Complexo Parnaíba, a renda média mensal evoluiu de 1,1 salário-mínimo para 4 salários-mínimos, de 2010 a 2019. Ao mesmo tempo, o pessoal ocupado assalariado passou de 584 para 1,269 no mesmo período. O IBGE também indica que o PIB local cresceu 12 vezes. Um recorde para a região do Médio Mearim maranhense.

Ainda no Maranhão, desta vez na chamada Grande Ilha de São Luís, a empresa mostra outro projeto bem-sucedido. Trata-se do Polo Agrícola Horticanaã, na cidade de Paço do Lumiar, que atende 95 famílias. No município, o analfabetismo foi praticamente erradicado em 2020 e a renda média da população cresceu 233% em apenas cinco anos. O Horticanaã é responsável pela sustentabilidade financeira do reassentamento da Vila Nova Canaã, com foco na autonomia da comunidade.

 

Fonte: Maranhão Hoje, e site da Eneva.