Hoje é 15 de abril de 2024. Dia Nacional da Conservação do Solo; dia do desarmamento infantil; Dia Mundial da Arte e Dia Mundial do Desenhista # Por causa das fortes chuvas em São Luís, a partida Sampaio x MAC foi adiada e remarcada para esta terça, às 19h30, no Castelão.
Hoje é 15 de abril de 2024. Dia Nacional da Conservação do Solo; dia do desarmamento infantil; Dia Mundial da Arte e Dia Mundial do Desenhista # Por causa das fortes chuvas em São Luís, a partida Sampaio x MAC foi adiada e remarcada para esta terça, às 19h30, no Castelão.
+32
°
C
+32°
+25°
São Luís
Domingo, 12
Ver Previsão de 7 Dias

abril 2024
DomSegTerQuaQuiSexSáb
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930    

Mineradora Vale desembarca sete locomotivas no porto do Itaqui

Novas locomotivas: as mais modernas do mundo

Um lote de sete locomotivas da Estrada de Ferro Carajás (EFC/Vale) foi desembarcado na última semana no Porto do Itaqui. As máquinas são do tipo SD80AC, equipadas com motores diesel/elétricos, com potência de 5,3 mil HP (horse power, ou cavalo-força, em tradução livre), com bitola de 1,6 metros (m). As locomotivas foram trazidas de Halifax, no Canadá, no navio Stellanova, de bandeira holandesa, com 96 m de comprimento e 18 m de largura, com 5.198 toneladas de porte bruto. Segundo fontes do setor portuário, a embarcação atracou segunda-feira no berço 103 do Itaqui e concluiu a operação quarta-feira. Maquinários foram trazidas do Canadá no navio Stella Nova; cada locomotiva pesa 183 toneladas.

Cada locomotiva pesa, em média, 183 toneladas. A operação de descarga é realizada com auxílio dos guindastes do navio. Primeiramente, são descarregados os trucks (as rodas e eixos da locomotiva), que são instalados nos trilhos do cais do porto. O segundo passo é içar o maquinário do porão do cargueiro e assentado diretamente nos trucks.

Histórico – Os descarregamentos de locomotivas da EFC no Porto do Itaqui são parte do projeto de duplicação da ferrovia. O último registro feito por O Estado de uma operação deste tipo ocorreu em maio do ano passado. Foram descarregados cinco maquinários, que chegaram no navio Industrial Egret, de bandeira de Antíqua e Barbuda, com 140 m de comprimento e 20 m de largura. A operação foi realizada no berço 103 do Itaqui, com apoio da empresa Pedreiras Transportes. A carga, no total, pesava 900 toneladas, incluindo os trucks e os maquinários. Outra operação de descarga de locomotivas ocorreu em abril de 2011, com sete conjuntos férreos que vieram no navio Industrial Fighter, de bandeira de Antíqua e Barbuda (assim como o Industrial Egret), vindo de Norfolk, no estado de Virgínia, costa leste dos EUA.

Ferrovia – De acordo com o site da Vale, a Estrada de Ferro Carajás (EFC) foi criada em 1985 no Brasil e conecta as minas de ferro de Carajás, no estado do Pará, ao Terminal Portuário Ponta da Madeira, no Maranhão. Pelos 892 km de extensão da EFC, são transportados principalmente minério de ferro, ferro-gusa, manganês, cobre, combustíveis e carvão. A ferrovia possui mais de 10 mil vagões e 220 locomotivas (dados da empresa). Pela EFC circula um trem com quatro locomotivas e 330 vagões, considerado o maior trem do mundo. A EFC também transporta pessoas. São levados, em média, 1,3 mil pelo trem de passageiros por dia em um percurso que passa por 25 localidades, entre povoados e municípios do Maranhão e do Pará.

 

Lugar: PORTOSMA
Fonte: Vale / O Estado
Data da Notí£©a: 22/04/2012