Hoje é segunda-feira, 20 de setembro de 2021, Dia do Baterista; Dia do Funcionário Municipal e Dia do Gaúcho # Futebol: O São Paulo 2x1 Atlético de Goiás; Internacional 1x0 Fortaleza e Flamengo 0x1 Grêmio; Vasco da Gama 1x1 Cruzeiro.
ColunaRAMOS propaganda1 Formula Um orizon supplier
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Amigos da Marinha
Fotos & Imagens
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Consócio Alumar
Itaqui
 Site da Antaq
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Concursos
Prêmio Smart
Escoteiros em Foco
Cais do Jeep
Seminário Landlord
Dia da MULHER

Osvaldo Rocha
Comandante RAMOS
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

José Clementino
Elson Burity
 Bento Moreira Lima

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 Escoteiros em foco
 Nosso Papai Noel
 São Luis 409 anos
 Copa América 2019
 Cais do JEEP
 O Trem da Vale
Museu da Soamar
Presidentes do Brasil
Farol de Mandacaru
TV no Brasil: 70 anos
Hinos do Brasil

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Parceria COPI e VLI viabiliza criação de novo corredor logístico para o fluxo de fertilizantes
Novas estruturas no Porto do Itaqui e no Terminal VLI de Palmeirante serão implementadas com investimento aproximado de R$ 200 milhões


Novas estruturas no Porto do Itaqui e no Terminal VLI de Palmeirante serão implementadas com investimento aproximado de R$ 200 milhões;
Projeto viabilizará a movimentação inicial de até 1,5 milhão de tonelada ao ano;

A Companhia Operadora Portuária do Itaqui (COPI) e a VLI, companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos, formalizaram uma parceria com o objetivo de desenvolver uma nova estrutura logística para atender à crescente demanda do setor produtivo agricultor por insumos fertilizantes no Norte do país. No acordo estão previstos a criação de um novo ramal ferroviário, conectado à malha do Corredor Centro-Norte e interligado ao Terminal da COPI no Porto de Itaqui (MA) por meio do qual os insumos serão carregados e transportados por quase 1 mil quilômetros até um novo terminal intermodal que será construído em Palmeirante, no Tocantins. As obras terão início no mês de agosto e o investimento para a viabilização do projeto será de aproximadamente R$ 200 milhões. A capacidade inicial de movimentação proporcionada por esta nova estrutura será de 1,5 milhão de toneladas ao ano.

Com o início das operações, previsto para o segundo semestre de 2022, a nova estrutura permitirá a movimentação do fertilizante importado pelo Terminal Portuário COPI no Porto do Itaqui pelo modal ferroviário, conectando o porto – via Estrada de Ferro Carajás e Ferrovia Norte-Sul – até o novo terminal que será construído e operado pela COPI em Palmeirante, e que contará com linha ferroviária para até 80 vagões e moega para descarga de dois vagões. Nele, os fertilizantes serão descarregados e transportados em esteiras mecanizadas para um novo armazém com capacidade estática de 60 mil toneladas. A partir do terminal, o produto poderá ser expedido a granel ou em big bags em caminhões, com custos competitivos, utilizando-se do frete de retorno dos veículos que levam grãos ao terminal da VLI no mesmo local. Os insumos atenderão aos produtores situados numa área que abrange os estados do Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Bahia e Piauí, além de Tocantins, Maranhão e do Distrito Federal.

Além do desenvolvimento da infraestrutura e do aperfeiçoamento do sistema logístico na região, o projeto tem potencial para gerar aumento na arrecadação, fomentar o setor de serviços local, ao mesmo tempo em que favorece o ingresso de novas indústrias misturadoras de fertilizantes no Arco Norte. Durante as obras estão previstos também a geração de até 450 empregos, além de 250 postos de trabalho, diretos e indiretos, no terminal.

A parceria estratégica com a COPI reforça o compromisso da empresa VLI em atender às crescentes demandas do agronegócio no Corredor Centro-Norte. “A VLI atua como parceira para o desenvolvimento do país e segue no processo de transformação da logística nacional, facilitando a conexão da cadeia de suprimentos”, afirma Alexandre Biller, gerente de Desenvolvimento de Negócios da VLI. Ainda segundo Biller, o projeto em questão é a semente para o desenvolvimento de um polo industrial voltado para a mistura de fertilizantes no Tocantins.

A COPI investiu nos dois últimos anos cerca de R$ 110 milhões na construção de um dos mais modernos e eficientes terminais portuários de fertilizantes da América Latina no Porto do Itaqui, que entrou em operação comercial no início de 2021. Agora, em parceria com a VLI, investirá algo próximo a R$ 200 milhões na ligação deste terminal à malha ferroviária e na construção do terminal de transbordo em Palmeirante, o que deve consolidar a região como um polo distribuidor do insumo para atender o agronegócio do centro-norte do país, com a instalação de novas indústrias para mistura de fertilizantes neste corredor, aproveitando o contra fluxo logístico e a capacidade de transporte deste novo corredor.

O sistema que será instalado no Arco Norte garantirá ao agronegócio uma logística eficiente e com capacidade regular de transporte ferroviário, com custos competitivos em relação ao transporte rodoviário. De acordo com o Diretor Presidente da COPI, Guilherme Eloy “o novo corredor logístico criado será um catalisador do crescimento da demanda de fertilizantes da região centro-norte do país nos próximos anos, considerando seus diferenciais competitivos de localização geográfica privilegiada, conexão ferroviária e produtividade”.

Sobre a COPI - A COPI é um operador logístico sediado em São Luis/MA, vocacionado para operação de descarga de produtos a granel, principalmente fertilizantes, infraestrutura de armazenagem, movimentação e expedição de carga a granel.

Nos últimos anos a empresa vem passando por um forte ciclo de investimentos e, em março de 2021, após investidos mais de R$ 110 milhões, entregou um dos mais modernos terminais para descarga de fertilizantes da América Latina, localizada na área arrendada pela empresa no Porto do Itaqui, conectada ao berço 101 do porto. Este terminal recém-inaugurado (foto) possui capacidade de recebimento de até 1.250 t/hora, possibilitando pranchas de descarga superiores a 20 mil t/dia com consequente redução do tempo de permanência dos navios no porto.

O terminal, que possui um armazém com capacidade estática de 70.000 toneladas e movimentação anual de até 3,5 milhões de toneladas, possibilita hoje, a expedição de produtos em caminhões com capacidade de 700 t/hora e futuramente em vagões com capacidade de 1.000 t/hora, utilizando em sua operação os mais modernos equipamentos disponíveis no país.Essa nova operação trouxe ganhos sensíveis aos usuários da COPI no Porto do Itaqui nestes primeiros meses de operação e tem sido um forte vetor de crescimento de market share da Companhia.

Sobre a VLI - A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Lugar: PORTOSMA
Fonte: AMG Comunicações
Data da Notí£©a: 25/07/2021

Untitled