Em um comunicado a imprensa, o prefeiro de São Luís, Eduardo Braide, anunciou que a vacinação contra o coronavírus começa nesta quarta-feira, dia 20 de janeiro, obedecendo o calendário elaborado pela Comissão de vacinação da Prefeitura de comum acordo com o Estado e Ministério da Saúde.
granel quimica Formula Um propaganda1 pilatesana
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Concursos
Prêmio Smart
Escoteiros em Foco
Cais do Jeep
Seminário Landlord

Osvaldo Rocha
Comandante RAMOS
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

José Clementino
Elson Burity
 Bento Moreira Lima

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 Escoteiros em foco
 Nosso Papai Noel
 São Luis 408 anos
 Copa América 2019
 Cais do JEEP
 O Trem da Vale
Museu da Soamar
Presidentes do Brasil
Farol de Mandacaru
TV no Brasil: 70 anos

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Governo assina com a Vale renovação das ferrovias de Carajás e Vitória/MG
Contrato prevê que parte do investimento será usado na construção da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste


André Kuhn, diretor-presidente da Valec, o ministro Tarcísio de Freitas (Infraes
O governo federal assinou no último dia 18 de dezembro a renovação dos contratos de concessão das estradas de ferro Vitória-Minas e da estrada de Ferro Carajás, ambas administradas pela mineradora com a Vale. A concessão de 30 anos prevê R$ 17 bilhões em investimentos, além de R$ 4,6 bilhões em outorgas. Parte do valor será usado para a construção da Fico (Ferrovia de Integração do Centro-Oeste), entre as cidades de Mara Rosa (GO) e Água Boa (MT). O objetivo é viabilizar o escoamento de grãos até da região do Vale do Araguaia até a Ferrovia Norte-Sul. Segundo o Ministério da Infraestrutura, 283 mil empregos serão gerados nas obras.

Segundo o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas, “o investimento cruzado, a partir da utilização de recursos de outorgas, vai permitir dobrar a participação desse modal na matriz de transportes do país”. A declaração foi feita durante a cerimônia de assinatura do contrato na B3, Bolsa de Valores de São Paulo (SP). Depois de construída, a estrada de ferro Fico, com 383 km, será concedida à iniciativa privada. O valor investido na construção especificamente é de R$ 2,73 bilhões.

Em relação à EFVM (Estrada de Ferro Vitória-Minas), o investimento será de R$ 8,8 bilhões nos 895 KM. A ferrovia é usada para o escoamento de minério de ferro, carvão, aço, calcário, granito, contêineres, ferro-gusa, produtos agrícolas, madeira, celulose, combustíveis, entre outros.

Já a Estrada de Ferro Carajás – que liga as minas de minério de Parauapebas, no Pará, ao Complexo Portuário de Ponta da Madeira, em São Luís do Maranhão - terá investimento de R$ 8,2 bilhões.ao longo dos 892 km de linha férrea usada, prioritariamente, para movimentar minério de ferro, granéis minerais e combustíveis.

Lugar: PORTOSMA
Fonte: Agência Brasil
Data da Notí£©a: 19/12/2020

Untitled