Hoje é 25 de maio, sábado, dia da Indústria, do Massagista e do Trabalhador Rural # O MAC está fora da Série D do Brasileirão. Foi eliminado pelo Atlético do Ceará em pleno Castelão pelo placar de 2x1. Foram quatro partidas e quatro derrotas do time maqueano # Amanhã casa cheia no Castelão para Sampaio e Ferroviário-CE valando a liderança do Grupo A da Série C.
jose oliveira osvaldo rocha internacional maritima humberto gomes
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Empresas
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Osvaldo Rocha
José Oliveira
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

José Clementino
Elson Burity
 Bento Moreira Lima

Noticias
 Legislação

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 Escoteiros em foco
 Nosso Papai Noel
 São Luis 406 anos
 Copa 2014
 Cais do JEEP
 O Trem da Vale
Museu da Soamar

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Bombeiros e helicóptero do Maranhão se integram as equipes de buscas em Brumadinho
Segundo governador Flávio Dino a permanência dos maranhaneses na operação é por tempo indeterminado


Bombeiros maranhenses estão integrando grupos de resgate em Brumadinho.
Equipe de Bombeiros maranhenses permanecerá por tempo indeterminado, reforçando o trabalho de resgate em Minas Gerais. “Aqui em Brumadinho o ambiente é devastador, temos a sensação de um clima pesado diante de tanta destruição, mas entendemos que tudo isso faz parte da nossa missão. O principal objetivo agora é minimizar a dor das famílias”, pontua o major Patrício Penha, um dos integrantes do grupamento maranhense que apóia a operação de resgate na cidade de Brumadinho, estado de Minas Gerais.

O major Patrício Penha integra o grupo de sete bombeiros militares enviados pelo Governo do Maranhão para auxiliar nas operações de resgate na tragédia ocorrida em Brumadinho. Eles são especializados em buscas, salvamentos especiais e resgate em estruturas colapsadas. Os bombeiros maranhenses estão distribuídos em grupos de busca, e foram escalados para prestarem ajuda na chamada “zona quente” do quente do desastre, onde se acredita, existe uma maior quantidade de corpos. Todas as esperanças de achar alguém com vida, da lista de desaparecidos que ainda tem mais de 250 pessoas, é praticamente impossível.

A operação é dificultada pelas condições da área e as buscas avançadas estão sendo feitas com o auxílio de aeronaves. O terreno é instável, está tomado pela lama que vem secando a cada dia, tornando o trabalho ainda mais difícil e desgastante, segundo o major Patrício Penha. O militar enfatiza as dificuldades destacando que a “fadiga é grande, mas o sentimento de solidariedade é maior e isso tem motivado a equipe do Maranhão – e de diversos outros estados que também mandaram ajuda - a continuar a se esforçar cada vez mais para prestar um bom trabalho”.

O major explicou que, devido a todas as condições adversas, a operação está sendo realizada de forma diferente do habitual e esse conhecimento será compartilhado com os bombeiros maranhenses. “Inclusive no que diz respeito aos protocolos empregados aqui e seguidos por todas as equipes de bombeiros no Brasil, no que se refere ao atendimento a desastres de grandes proporções. É mais um aprendizado para que possamos ser sempre eficazes em outras situações afins, que esperamos que não venham a ocorrer, mas, para as quais precisamos estar preparados e adequadamente treinados”, declarou.

A equipe do Maranhão está em Brumadinho desde domingo (27) e permanecerá por tempo indeterminado, reforçando o trabalho de resgate. Além do efetivo, o governo maranhense, Flávio Dino, enviou, ainda, uma viatura de resgate e salvamento equipada com equipamentos e pessoal para ajudar no atendimento.

Lugar: PORTOSMA
Fonte: Secom/MA
Data da Notí£©a: 01/02/2019

Untitled