Hoje é terça-feira, 16 de outubro de 2018, dia da Ciência e Tecnologia; dia do Anestesiologista e dia Mundial da Alimentação # Ontem completando a rodada do Brasileirão, Ceará e Botafogo não sairam do 0x0 # Hoje, às tres da tarde, tem o amistoso entre Brasil x Argentina.
granel quimica humberto gomes propaganda2 internacional maritima
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Empresas
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Osvaldo Rocha
José Oliveira
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

Noticias
 Legislação

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 BP Changri-lá
 Nosso Papai Noel
 São Luis 406 anos
 Copa 2014
 C. Confederações
 O Trem da Vale
Museu da Soamar

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Operadora COPI inova no sistema de limpeza de máquinas e equipamentos
Com tecnologia da Jet Vap, entram em operação máquinas de lavagem a vapor e sem aditivo


Modernização na limpeza e monitoramento de resíduos.
Num momento onde o politicamente correto passou a ser regra – quase uma lei – o cuidado com a natureza e com o meio ambiente ganhou destaque em todos os procedimentos da atividade humana, seja ela residencial, ou industrial. No caso dos portos, onde a rotatividade de produtos e resíduos é muito grande, o item faz parte de toda ou qualquer norma impostas pelas autoridades portuárias aos seus prestadores de serviços, como é o caso da Emap, que administra o porto do Itaqui. Por meio de procedimentos como o PC-39 que regula a fiscalização de obras e serviços na poligonal do porto do Itaqui e Terminais Delegados, que por sua vez está em consonância com a Legislação Federal N° 12.305/2010 que institui em todo o país a Política Nacional de Resíduos Sólidos - as operadoras portuárias te, acesso as exigências do porto e consequentemente conseguem se programar para sempre realizar suas atividades de acordo com a Segurança do Trabalho e Meio Ambiente.

Como uma das principais operadora portuária do Itaqui, a COPI tem se mostrado sempre a frente nesse quesito sensível, onde qualquer erro, de ação ou mesmo de procedimento, pode causar danos irreparáveis a faina em execução e até mesmo a rotina do porto. Um dos pontos agora enfrentados com resultados altamente promissores pela COPI diz respeito a limpeza de seus equipamentos de cais, tais como empilhadeiras e guindastes. Neste ano a operadora adquiriu duas lavadoras a vapor com o objetivo de minimizar impactos ambientais. As lavadoras são a base de água - não utilizam nenhum tipo de produto químico, garantindo assim a não contaminação do solo e muito menos das áreas de mar próximas das operações de limpeza dos equipamentos.

As lavadoras a vapor da marca JET VAP, nos modelos automática de 24k com duas saídas a vapor e ÀGILE-12.000, ambas já em operação nos berços onde a Operadora Portuária atua no principal porto público de São Luís, capital do Estado do Maranhão. Para a Engenheira Mecânica Priscilla Danielle Martins Moreira, Coordenadora de Manutenção da COPI, as duas novas ferramentas representam um ganho fantástico em termos de resultados na limpeza dos equipamentos, uma vez que usam reduzidos volumes de água e geram muito menos resíduos a cada operação. O vapor consegue eliminar toda a sujeira da superfície e com o auxílio de um pano limpo remove-se a água gerada por causa da condensação do vapor.

Para Priscilla Danielle, o uso prático das máquinas a vapor exige uma série de cuidados durante o manuseio dos novos equipamentos: “Quando vamos utilizar as máquinas a vapor é necessário que o técnico do meio ambiente faça a Análise Ambiental da Tarefa – AAT e apresente a Coordenadoria de Meio Ambiente - COAMB. Todas as atividades realizadas pela manutenção são comunicadas ao setor de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente para que as documentações cabíveis sejam providenciadas. Apenas os guindastes são lavados na área portuária, os demais equipamentos são lavados dentro da COPI onde temos uma área específica com caixa separadora de água e óleo”, explica a Coordenadora de Manutenção da COPI.

As novas máquinas representam o novo nesse item de limpeza de equipamentos, uma vez que são as únicas existentes hoje no porto do Itaqui, que dessa forma passa a ser um diferencial para o terminal portuário do Maranhão.

Nas fotos a seguir, Priscilla Danielle Martins Moreira, coordenadora de Manutenção da COPI e momentos de operação da lavadora a vapor, em faina de limpeza de um guindaste portuário.


  

  

  

  

Lugar: PORTOSMA
Fonte: COPI/Redação
Data da Notí£©a: 12/06/2018

Untitled