Hoje é 13 de agosto de 2020, dia do Economista # Depois de sofrer a segunda derrota consecutiva, desta vez para o Atlético Goianiense por 3x0, o Flamengo ocupa até então inédita posição de lanterna do Brasileirão.
propaganda1 mandacaru presidentesdobrasil osvaldo rocha
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Fotos & Imagens
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Alumar
Itaqui
 Cargas
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Concursos
Prêmio Smart
Escoteiros em Foco
Cais do Jeep
Seminário Landlord

Osvaldo Rocha
José Oliveira
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

José Clementino
Elson Burity
 Bento Moreira Lima

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 Escoteiros em foco
 Nosso Papai Noel
 São Luis 406 anos
 Copa América 2019
 Cais do JEEP
 O Trem da Vale
Museu da Soamar
Presidentes do Brasil
Farol de Mandacaru

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











Maranhão ganha fábrica esmagadora de soja
A unidade fica no município de Porto Franco e custou ao Grupo Algar mais de R$ 200 milhões


Imagens da inauguraçao da esmagadora
Foi inaugurada na tarde do último sábado, 16, no Distrito Industrial de Porto Franco, a primeira fábrica esmagadora de soja do Maranhão. Uma empresa do grupo empresarial mineiro ALGAR – um dos mais modernos da América Latina, a ABC Inco opera no setor agroindustrial há cerca de 27 anos, com atuação nos mercados nacional e internacional. A fábrica esmagadora instalada no município maranhense é um empreendimento de R$ 220 milhões entre capital de giro e investimento fixo, que proporcionará grande impulso ao agronegócio do Estado.

Na presença de lideranças políticas do Estado, empresários do ramo de agronegócios e profissionais da imprensa; o governador José Reinaldo Tavares; o governador eleito Jackson Lago, o presidente da Assembléia Legislativa, João Evangelista; o prefeito de Porto Franco, Deoclides Macedo e o presidente do conselho de administração do grupo Algar, Luís Alberto Garcia, deram início à solenidade com o hasteamento de bandeiras, execução do hino nacional e o descerramento da placa.

A solenidade prosseguiu com uma visita de todo o grupo pelo parque industrial, até o local onde foram instalados os equipamentos que farão o esmagamento da soja. Foi lá que José Reinaldo, Jackson Lago e as demais autoridades que o acompanharam no descerramento da placa, acionaram ao botão que deu início oficialmente, ao processo de funcionamento da fábrica.

Recém chegado de Minas Gerais, o presidente do grupo Algar ressaltou a visão e a coragem do governador José Reinaldo Tavares em trazer esse empreendimento para o Maranhão Ele disse que a escolha de Porto Franco para a instalação da fábrica esmagadora de soja não foi aleatória. “Foi feito um estudo envolvendo vários municípios do País e após um longo processo que envolveu analises de aspectos como condições de solo e clima, o município maranhense foi o que mais se destacou”, esclareceu.

Desenvolvimento - A implantação da unidade da ABC Inco no Estado é resultado de uma parceria entre o governo , prefeitura de Porto Franco e ABC Inco. Ela representa mais um, entre muitos esforços de José Reinaldo para garantir emprego e renda para o Maranhão. São 1500 novos empregos, ocupados por profissionais da região. Além do que, com ela, a produção de soja do Sul do Maranhão e de estados vizinhos como Piauí e Tocantins, que até agora é exportada “in natura” pelo Complexo Portuário do Itaquí, terá o valor agregado da industrialização.

Satisfação, o prefeito Deoclides Macedo agradeceu ao grupo Algar o valoroso investimento no município. “A partir dessa fábrica, o Distrito Industrial vai acolher outras empresas, contribuindo assim não só para o desenvolvimento do Sul do Maranhão como de todo o estado”, previu e acrescentou que a implantação da ABC Inco na região inaugura uma nova era no mercado exportador do estado. Para ele, José Reinaldo termina seu mandato com o reconhecimento político e popular pelos avanços conquistados em todos os setores.

A poucos dias de assumir o governo do Estado, Jackson Lago disse se sentir estimulado em poder vivenciar momento de tamanha importância: “Ao testemunhar a concretização dessa fábrica esmagadora aqui em nosso Estado, percebo que realmente, com vontade política, é possível realizar”, declarou. Ele parabenizou o governador José Reinaldo por mostrar isso a todos.

Com a autoridade de quem sabe o que faz, o chefe do Executivo declarou que a presença da ABC Inco em Porto Franco é o símbolo do estado promissor que todos os maranhenses sempre desejaram. “Acredito que Jackson Lago terá a mesma visão de investir no desenvolvimento e na melhoria da população”, acrescentou ele, lembrando que foi no lançamento da pedra fundamental da fábrica, em junho de 2005, que ele, o governador eleito e várias outras lideranças políticas fizeram uma foto histórica, quando se deram as mão pela primeira vez em público, formando oficialmente a Frente de Libertação do Maranhão.

A produção - De acordo com o presidente executivo da ABC Inco, Luís Gonzaga Maciel, o óleo e o farelo extraídos da soja atenderão tanto a demanda interna quanto a externa.  Em março de 2007 – data que coincide com o início da safra, quando a fábrica estiver em pleno funcionamento, serão produzidas 1.500 toneladas do produto por mês. A expectativa é que em no máximo dois anos esse número pule para 2 mil, chegando a 500 mil toneladas de soja beneficiadas por ano.

Maciel informou que o empreendimento envolve ainda cinco unidades armazenadoras do produto na região Sul do estado – duas já em funcionamento e três em construção. Para o futuro está em estudo a implantação no mesmo Distrito Industrial de Porto Franco, de um projeto na área de Biodisel ou de refinamento da soja.

Lugar: PORTOSMA
Fonte: AssimpMA
Data da Notí£©a: 18/12/2006

Untitled