Hoje é terça-feira 07 de dezembro de 2021 # Futebol: Atlético-PR 0x0 Palmeiras; São Paulo 3x1 Juventude; Cuiabá 1x0 Fortaleza; Flamengo 0x1 Santos; Internacional 1x2 Atlético de Goiás e Chapecoense 0x1 Sport de Recife.
presidentesdobrasil pilatesana mandacaru granel quimica
HOME
Entrevista
 Ogmo/itaqui
Syngamar
Telex/Aniversários
 Agencias Marítimas
Soamar MA
Amigos da Marinha
Fotos & Imagens
Dicas/Serviços
Capitania dos Portos do Maranhão
The best of web
Fale conosco


Vale
 Consócio Alumar
Itaqui
 Site da Antaq
 Todos os portos
 Cartas Náuticas

Concursos
Prêmio Smart
Escoteiros em Foco
Cais do Jeep
Seminário Landlord
Dia da MULHER

Osvaldo Rocha
Comandante RAMOS
 Herbert Santos
Telex/Aniversários
 Humor
Ponto de Vista

José Clementino
Elson Burity
 Bento Moreira Lima

Aniversário Alumar
 Carta Pero Vaz
 Dia do Portuário
 Escoteiros em foco
 Nosso Papai Noel
 São Luis 409 anos
 Copa América 2019
 Cais do JEEP
 O Trem da Vale
Museu da Soamar
Presidentes do Brasil
Farol de Mandacaru
TV no Brasil: 70 anos
Hinos do Brasil

Pratimar
Petrobras
Portal Exportador
Banco Central
Receita Federal
Marinha do Brasil
Capitania Maranhão
Conapra
Policia Federal
Obra Prima CE











CAP terá comitê para acompanhar dragagem
O Conselho de Autoridade Portuária (CAP) decidiu ontem, em sua reunião mensal, criar um comitê de conselheiros para acompanhar o serviço e os planos de dragagem do Porto de Santos.

O Conselho de Autoridade Portuária (CAP) decidiu ontem, em sua reunião mensal, criar um comitê de conselheiros para acompanhar o serviço e os planos de dragagem do Porto de Santos. O grupo responsável pelas análises da atividade irá se reunir, pela primeira vez, na próxima terça-feira, quando definirá sua estratégia de ação.

Segundo o presidente do CAP, Celso Quintanilha, a criação de uma câmara interna para avaliar a dragagem do porto partiu da vontade do conselho — integrado por representantes da comunidade portuária — de ter dados atualizados sobre o serviço. ‘‘O CAP instituiu o comitê de planejamento e monitoramento porque sentiu necessidade de acompanhar de forma mais efetiva, mais próxima, este processo, do que obter as informações apenas nas reuniões que fazemos mensalmente’’, admitiu.

O comitê se reunirá na próxima terça-feira, às 15 horas, na sede do CAP, no Centro. Conforme relatou o presidente, deverão participar das sessões membros de todos os blocos do órgão, que serão escolhidos ao longo da semana, além de dois técnicos da Codesp, estatal que administra o porto. ‘‘A idéia é debater nessas reuniões o serviço de dragagem como um todo, inclusive o planejamento das obras futuras’’, disse.

O resultado das discussões deverá colaborar com os conselheiros do CAP, ao abastecê-los de informações atualizadas do serviço executado no complexo. Celso Quintanilha lembrou, também, que os participantes do novo comitê poderão sugerir ao Conselho a realização de contatos com outros órgãos, como a Cetesb (agência ambiental do Estado), para debater assuntos inerentes à atividade. ‘‘Se houver necessidade, nós iremos atender à sugestão’’, garantiu.

A colocação do executivo vai de encontro a uma recente ação do colegiado. Há dois meses, o grupo aprovou o envio de uma carta ao secretário de Meio Ambiente do Estado, José Goldemberg, solicitando revisão do limite imposto pela Cetesb para o recolhimento de sedimentos no porto, da ordem de 300 mil metros cúbicos mensais, volume menor que o apontado pela Codesp como necessário.

A iniciativa de contatar o secretário estadual foi motivada por reclamações de operadores portuários, que perceberam o aumento do assoreamento nos seus berços de atracação. À época, a Codesp justificou que o fato ocorria em razão da limitação da Cetesb, que, com sua limitação, não permitia a retirada suficiente de lama para manter a profundidade dos pontos de parada de navios.

Fonte: Sindmar

Data: 22/09/2006

Untitled